fique ligada!

Hi, what are you looking for?

Ligada nas DicasLigada nas Dicas

Notícias

Três influenciadores de moda para conhecer já

tres-influenciadores-de-moda-para-conhecer-ja

Noah Alef – Foto: Divulgação
Na era digital, quem domina é a Geração Z – e no oceano dos fashionistas mais seguidos, a personalidade é o diferencial desses três influenciadores. Conheça:
Noah Alef
“Eu não me considero um ativista, mas o uma pessoa que fala o que vive”. Aos 22 anos, Noah Alef já viveu muito. De origem pataxó, nasceu em Jequié, no interior da Bahia, e lembra bem de seu primeiro desfile: “ainda na adolescência, na escola. Foi aquela sensação, o friozinho na barriga, que eu tenho até hoje, que me fez gostar tanto de modelar”.
Noah estreou n0 SPFW em 2020 e, desde então, já garantiu contratos com agências na Inglaterra, Espanha, Alemanha e Milão, onde fez parte do casting da DSQuared2 e Emporio Armani durante a semana de moda.
Nas redes sociais, onde soma quase dois milhões de seguidores, o modelo faz questão de compartilhar o que sente vontade, consciente de seu poder enquanto comunicador. “Em um País diverso como o nosso, onde seu povo originário não é bem representado, é importante eu mostrar onde estou inserido. Quando comecei, não tinha em quem me inspirar. Nós (indígenas) precisamos ocupar todos os espaços possíveis, representando a beleza originária”. Um processo que, segundo ele, é impossível de terceirizar. “Temos que falar por e sobre nós mesmos. O indígena precisa ser protagonista da própria voz”.
Ambicioso e aventureiro assumido, ainda que “um pouco tímido”, revela que conquistou um sonho ao se tornar recordista na última edição do São Paulo Fashion Week, ao desfilar para 15 marcas. “É uma grande realização para mim e para todos os povos indígenas. Estou aqui para abrir as portas para outros e ser uma inspiração. Com tantos preconceitos que já ouvi, poderia ter desistido. Continuo aqui para mostrar que somos capazes de tudo”.
Bruno Gomes
Bruno Gomes – Foto: Divulgação
Com mais de 50 mil seguidores, Bruno Gomes é personalidade pura e não tem medo de ousar nas cores. Ao contrário, usa todas: “A moda entrou na minha vida como forma de expressão pessoal. É nela que me sinto confortável para externar por meio das roupas as minhas ideologias e sentimentos”.
Aos 25 anos, o brasileiro faz parte da geração “potente e dedicada” que dominou as redes sociais do universo fashion e “está empenhada em criar, recriar e cocriar”. Para ele, basta “observar os novos designers extremamente talentosos para perceber abordagens para além da moda que antes não víamos com frequência”.
Bruno admite que sua relação com as redes sociais é intensa! “Brinco que elas são o meu escritório”. Ainda assim, não se entende apenas como agente protagonista ou criador de conteúdo: “também tenho o meu assento de espectador”. Nesses momentos, “autenticidade e responsabilidade são pontos importantíssimos para mim. Gosto de consumir marcas que possuem propósito e uma história com qual eu me identifique, além de seguir pessoas reais, com questões reais. O mundo não precisa ser superficial, já passamos dessa fase.”
Juan Guedes
Juan Guedes – Foto: Divulgação
Quem encontra o jovem de 24 anos nos eventos mais concorridos de moda no País, dificilmente imagina que, por trás dos óculos escuros e dos visuais trendy, se esconde um olhar cirúrgico para as questões mais atuais do universo fashion. Com mais de 300 mil seguidores no Instagram, Juan Guedes respira moda sem nenhuma timidez: “quando você começa a perceber a moda de forma ativa, a entende como um fenômeno sociocultural e vê que ela esteve na sua vida desde sempre”.
Nas redes sociais, sua presença é constante. “Minha relação com a mídias é majoritariamente de trabalho. É onde faço pesquisas de conteúdo, para saber o que está em alta. Nos outros 1%, perco alguns minutos da minha vida no TikTok, tenho que confessar”.
Todo o tempo passado na web rendeu a Juan uma perspectiva sobre a geração da qual faz parte: “Não dá para falar da relação da Gen  Z com a moda sem citar a internet e o impacto que ela tem em acelerar o acesso à informação. E isso é incrível porque essa mesma geração tem uma busca incessante por autenticidade, diversidade, desconstrução”.
Como espectador, se preocupa em acompanhar criadores de conteúdo que gerem identificação e transpareçam originalidade. “Já passamos do momento em que todo mundo queria ser igual. Isso só gera conexões rasas. A autenticidade me cativa”.
O post Três influenciadores de moda para conhecer já apareceu primeiro em Harper’s Bazaar » Moda, beleza e estilo de vida em um só site.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Lifestyle

Natural ou normal?!FreePik Quando nascemos, temos uma total aceitação do que somos… aos poucos, vamos tomando contato com impressões do meio externo sobre nós…...

Gastronomia

Conheça fatos interessantes e curiosidades sobre a pipoca, esse alimento tão amado por todos na hora de um cineminha

Moda

Especialista explica como incorporar o brilho nos seus looks do dia a dia e transformá-los em produções fashion

Lifestyle

Lixão do Atacama recebe primeiro desfile de moda para alertar sobre descarte incorreto de roupasMaurício Nahas A iniciativa faz alusão ao que o universo...