Como não boicotar seu emagrecimentoDivulgação Entre no canal do iG Delas no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre beleza, moda, comportamento, sexo e muito mais! O comportamento alimentar vai depender do estado emocional de cada indivíduo, que pode encarar a alimentação ou sua privação,  como uma recompensa, ou um castigo. Dr. André Moreira, pós-graduado em endocrinologia e tratamento da obesidade, explica que o cérebro humano trabalha por recompensas, e é preciso trabalhar e fortalecer mentalmente para que ele consiga viver as situações do dia a dia sem ter a recompensa, ou que essa seja adquirida de outras maneiras, como através de atividades físicas. “Quando se trabalha o autoconhecimento e as emoções, se consegue melhorar o comportamento alimentar”, frisa.  Leia mais…