Entenda os limites do consentimento no âmbito sexualFreePik Entre no canal do iG Delas no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre beleza, moda, comportamento, sexo e muito mais! Além disso, as pessoas precisam começar a entender os limites do consentimento. Se uma pessoa demonstra que ela consente com um beijo, por exemplo, mas empurra o agressor quando ele tenta algo mais o gesto dela, demonstra que o consentimento era para o beijo e não para o sexo. Precisamos lembrar que a demonstração do consentimento, ou dos limites dele, não é apenas verbal. Existem um conjunto de atos não verbais que demonstram que a vítima não está consentindo para o ato sexual, sendo assim, o fato da vítima não verbalizar um “não”, não significa que ela consentiu para o ato. Se, por exemplo, ela empurrou o agressor ou se ela chorou, isso já é o suficiente para demonstrar o não consentimento. A maior parte das vítimas, quando sofrem uma violência sexual, ficam em estado de choque e muitas vezes não conseguem verbalizar nada. Por isso, é muito importante observar os gestos para verificar o limite do consentimento. Leia mais…