fique ligada!

Hi, what are you looking for?

Ligada nas DicasLigada nas Dicas

Notícias

Marina Sena sobre novo álbum: “Falo sobre vícios e, principalmente, o amoroso”

marina-sena-sobre-novo-album:-“falo-sobre-vicios-e,-principalmente,-o-amoroso”

Foto: Fernando Tomaz
Marina Sena se deixa bailar pela descoberta na música em seu novo álbum, Vício Inerente, que chega às plataformas digitais nesta quinta-feira (27.04). Com 12 faixas, a cantora mineira se deixa fluir em outros gêneros – como R&B, trip-hop e até pagode baiano – além do Pop que a consagrou em sua estreia no De Primeira (2021). “Cortei algumas, tinha música demais. Deixa para o próximo essas que já estão prontas”, diverte-se a cantora em papo com a Bazaar. “Falo muito sobre vícios e, principalmente, o amoroso. Sabe quando você vicia na pessoa, naquele game. Tem muito disso, falo um monte desse jogo. E só fui reparar depois”.
O single que acompanha o lançamento é Dano Sarrada, de vibe provocativa em que reforça seu timbre acompanhado de beats futuristas. Ela despista se algum dia veremos as 18 faixas que foram costuradas para o novo trabalho. Um deluxe, talvez? Mas, a primeira música que ela e o namorado, o produtor do disco Iuri Rio Branco, compuseram para a nova era deveria estar no antecessor. “No dia que a gente gravou as vozes de Voltei Pra Mim, a gente compôs essa música: Me Ganhar. E foi antes de lançar o primeiro. Quando saiu, a gente falou: poderia ter colocado no anterior, mas a gente não sentia que ela fazia parte daquele universo. Ela é um novo momento. É a cara de Vício Inerente“, narra.
A faixa em questão tem energia de jogo. “Sabe aquela paixão que você tem e não conta? Não pode, é proibida, está longe, e nunca vão conseguir se ver. Mas fica naquele negócio. Tem essa energia do querer e não poder. O anterior tinha aquele amor saudosista, romântico. Nesse, tem mais a parte suja da paixão. É a parte que dói, que tem ciúme, vaidade”. Das mais envolventes estão Olho no Gato e Mais de Mil, faixas em que explora batidas noventistas experimentais, que poderiam muito bem ser cantada por artistas como Grimes ou Arca. Mas é em Mande um Sinal, única balada do trabalho, que entrega potencia vocal e nos transporta para trilhas dos anos 90 – com destaque para o piano que sobressai.
Foto: Fernando Tomaz
O novo álbum, ela explica, tem muito a ver com os ritmos que quer dançar e o jeito que quer bailar no show e, por isso, intensificou os ensaios com corpo de baile com turnê a caminho. Único feat. do trabalho está em Que Tal?, com participação do rapper Fleezus. Na faixa, a influência que pode ser sentida são flows acelerados – como das trends explosivas do TikTok – entoa os versos como se estivesse cantando na velocidade 1.5x (sabe quando você acelera o áudio no WhatsApp?).
Com a vida tendo sido transformada pela música, a cantora reflete que a fama pode, sim, atrapalhar o processo criativo, porque quando o artista sai da bolha fica sem tempo. “Antes, era muito mais despretensioso para criar. Apesar de que continuo despretensiosa”, explica sobre o projeto que agora ganha as plataformas de streaming. “Não deixei de experimentar porque o que vale a pena enquanto artista é ousar. Se não estiver, não vale a pena ser artista e eu volto para Taiobeiras (MG) para a saia da minha mãe. Só não vou ganhar mais dinheiro, mas vou ser mais tranquila pelo menos”, diverte-se.

Na estrada
A nova tour estreia em 5 de maio, na Audio, em São Paulo, e no dia 6 ela sobe ao palco do Vivo Rio, na capital fluminense. Depois, segue para uma agenda lotada para apresentações na Europa, começando em Braga, Portugal, no dia 13 de maio. Ainda tem:Paris (15.05), Barcelona (16.05), Berlim (17.05), Dublin (18.05), Londres (20.05) e Lisboa (21.05). “Na Europa, a tour vai ser diferente porque vou ter que misturar um pouco (com a anterior). Mas é a nova tour com mais sucessos. Daqui a pouco, a gente vai ver o que mais que mudou”, complementa. Na volta ao Brasil, cumpre agenda de festivais, começando com o João Rock, em Ribeirão Preto (interior de São Paulo), em 2 de junho.
Capa do álbum “Vício Inerente”, segundo de estúdio da cantora mineira, lançado nesta quinta (27.04)
O post Marina Sena sobre novo álbum: “Falo sobre vícios e, principalmente, o amoroso” apareceu primeiro em Harper’s Bazaar » Moda, beleza e estilo de vida em um só site.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Lifestyle

Natural ou normal?!FreePik Quando nascemos, temos uma total aceitação do que somos… aos poucos, vamos tomando contato com impressões do meio externo sobre nós…...

Moda

Especialista explica como incorporar o brilho nos seus looks do dia a dia e transformá-los em produções fashion

Gastronomia

Conheça fatos interessantes e curiosidades sobre a pipoca, esse alimento tão amado por todos na hora de um cineminha

Moda

Está em busca do que vestir no Lollapalooza? Inspire-se nestas ideias de looks para montar seu visual