fique ligada!

Hi, what are you looking for?

Ligada nas DicasLigada nas Dicas

Notícias

Lázaro Ramos é capa da segunda edição da Bazaar Man

lazaro-ramos-e-capa-da-segunda-edicao-da-bazaar-man

Lázaro Ramos usa look total Zegna, com acessórios Swarovski – Foto: Marina Zabenzi, com direção criativa de Leticia Haag, styling de Bruno Uchoa e beleza de Ian Ribeiro
Lázaro Ramos se considera um multitarefa incorrigível em busca de recuperação. Tem metas, anota tudo na agenda de papel. Marcar médico está lá, entre os afazeres. Dias depois, encontra um lembrete: “voltar para ver se cumpriu”. Geralmente, vem a negativa. “Não estou achando isso bom. Principalmente, porque dou prioridade a coisas às quais não deveria”, diz. “Não tenho cuidado da minha saúde, bem-estar físico e mental. Abro mão de tudo para cumprir outras demandas que aceito ou proponho”.
A conversa consigo é essa. Não tem nada resolvido, mas ligou o alerta. “Tem a ver com a idade, né? Não tem jeito”. Sob sua ótica, masculinidade tóxica é desconstrução constante – revisitada todos os dias. E assim surge na capa e recheio desta Bazaar Man. “Na minha vida e profissão, é um propósito e maneira de viver. Resgate, lugar que não visitava há muito tempo. Vem em boa hora”. Aproveitou o ensaio para ressignificar a imagem “desse cara preto” e ficou feliz com o resultado. “Um dia pleno”, sorri.
Aos 44 anos, Lázaro cobra-se estar mais presente na vida e no trabalho. Evita dar alimento para o estresse e a má convivência. Estilo de vida mais leve tem sido determinante depois da carga pesada dos últimos anos na vida pessoal e na política, que foi acentuada pela pandemia.
Chapéu e sapatos Dolce & Gabbana, calça e capa Normando – Foto: Marina Zabenzi, com direção criativa de Leticia Haag, styling de Bruno Uchoa e beleza de Ian Ribeiro
Se para alguns, o lockdown foi momento de aprendizado, para ele, até a culinária o estafou. “Inventar uma receita por dia foi um saco e fiquei estressado, querendo ser útil”. Para ele, escrever o livro “Você Não É Invisível” durante o #fiqueemcasa – voltado aos jovens e ao fortalecimento de suas identidades – foi “sorte do acaso”.
Lázaro Ramos usa corset Madame Sher, jaqueta, calça e sapatos Dolce & Gabbana, acessórios Swarovski – Foto: Marina Zabenzi, com direção criativa de Leticia Haag, styling de Bruno Uchoa e beleza de Ian Ribeiro
Mas foi a partir daí que decidiu, de fato, estar mais presente. De corpo, alma, bom humor e sorriso largo, seus cartões de visitas. Escrevendo o sucessor de “Na Minha Pele”, o livro de 2017 em que compartilha opiniões e episódios pessoais (apesar de não considerar biografia), tem pensado muito sobre silenciamento feminino, porque a nova publicação é pautada em sua mãe. “Enquanto profissional, como lidei com as mulheres do trabalho? Em algum momento, silenciei? Fui ver a resposta e é sim. Você vê uma piada inadequada, atitude e não fala”, reflete. “Já não é mais possível admitir as violências feitas todos os dias com elas”.
Vestido Apartamento 03, calça Zegna, sapatos Dolce & Gabbana – Foto: Marina Zabenzi, com direção criativa de Leticia Haag, styling de Bruno Uchoa e beleza de Ian Ribeiro
Após ter levado mais de 500 mil espectadores aos cinemas, no ano passado, vem entendendo sua contribuição para a Sétima Arte nacional. “O ‘Medida Provisória‘, para mim, foi importante. Alma, espírito, assuntos sobre os quais queria falar”, discorre. Ele ainda dirigiu “Um Ano Inesquecível – Outono” (Prime Video), baseado no conto de Babi Dewet sob a ótica do black joy. Uma tetralogia sobre as estações do ano, ao lado de outras três diretoras. “Quando cheguei, a gente o transformou em musical, uma homenagem à música brasileira preta”, conta. Protagonizado por Gabz (Anna Júlia) e Lucas Leto (João Paulo), tem no elenco Iza, Larissa Luz, Rael, Lulu Santos e Raphael Ghanem. “É a história de uma menina que não gosta de música. Facilita, porque a gente não começa a cantar de repente”, diverte-se. “No Brasil, estamos pouco acostumados com esse gênero, fazemos pouco”.
Chapéu do acervo do stylist, vestido Elias Kaleb, calça Dod Alfaiataria e sapatos Dolce & Gabbana – Foto: Marina Zabenzi, com direção criativa de Leticia Haag, styling de Bruno Uchoa e beleza de Ian Ribeiro
Nisso, vem tentando se encaixar. Não esqueça: “Orfeu” (Cacá Diegues) e o primeiro “Ó, Paí, Ó” (Monique Gardenberg) são musicais – aliás, “Ó Paí, Ó 2” está previsto para este ano. Com pitada de atualidade, se passa 15 anos depois da história original. Com um contrato overall deal na Amazon, Lázaro atua como diretor, roteirista, produtor e ator na plataforma. “Não estou com essa pretensão de atuar e dirigir ao mesmo tempo. Não sei se consigo me concentrar”, ri. Nos planos para o streaming, ainda está o longa “Camisas Negras do Vasco”, sobre a luta antirracista, em fase de produção.
Óculos Moncler, earcuff Swarovski, colares Crayons Jewelry – Foto: Marina Zabenzi, com direção criativa de Leticia Haag, styling de Bruno Uchoa e beleza de Ian Ribeiro
Casado há 18 anos com Taís Araujo, é difícil falar em fórmula. A relação é pautada por confiança, fofoca (daquelas inocentes) e risadas compartilhadas. Tríade com ingredientes de liga. Perto dos 50 anos, aproveita o momento para fazer uma revisão. A vivência, até agora, esteve à mercê do trabalho. Celebra as conquistas. Elas falam por si só. “Acima do imaginado”, avalia.
Foto: Marina Zabenzi, com direção criativa de Leticia Haag, styling de Bruno Uchoa e beleza de Ian Rineiro
Mas, dentro de casa, ele é só o Lazinho, o marido da Taís e pai do João Vicente e da Maria Vitória – de 11 e 8 anos, respectivamente. Tem buscado preencher anseios pessoais sob olhar questionador dos pequenos. Qual legado deixará para eles serve de combustível. “É bacana estarem nem aí para quem sou ou o que fiz. Uma relação real, não construída em cima de um símbolo ou de um ator importante”.
Foto: Marina Zabenzi, com direção criativa de Leticia Haag, styling de Bruno Uchoa e beleza de Ian Ribeiro
No círculo mais íntimo, deixa reconhecer defeitos. “Extremamente carente de atenção”, os cria com preocupação. Seja pelas violências, abusos, racismo ou a própria exigência e vigilância. “Meu trabalho, agora, é o oposto: relaxar para poder ter mais prazer com eles”.
Blazer Normando, calça Zegna, saia crinolina Madame Sher, luvas Moun Off e sapatos Dolce & Gabbana – Foto: Marina Zabenzi, com direção criativa de Leticia Haag, styling de Bruno Uchoa e beleza de Ian Ribeiro
Convocado para a política há anos, às vezes os convites tornam-se públicos (como para assumir o Ministério da Cultura do governo Lula). “É uma pergunta que me faço todos os dias. Acordo, dizendo: vou entrar para a política partidária, me candidatar, trabalhar e aceitar uma secretaria ou um ministério. Ao mesmo tempo, tenho percebido minha utilidade enquanto artista. Não posso deixar isso de lado, ignorar a quantidade de jovens que se veem representados e começam a sonhar porque me viram em determinado espaço”. E continua: “Realmente, acredito no poder da arte. Não é só uma frase de efeito. Fico nesse conflito. Talvez, em algum momento, vá para a política partidária. Hoje, não faz sentido”. No palco, na tela ou no palanque, não importa. Lázaro Ramos é imprescindível.
Camisa Zegna e acessórios Swarovski – Foto: Marina Zabenzi, com direção criativa de Leticia Haag, styling de Bruno Uchoa e beleza de Ian Ribeiro
O post Lázaro Ramos é capa da segunda edição da Bazaar Man apareceu primeiro em Harper’s Bazaar » Moda, beleza e estilo de vida em um só site.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Lifestyle

Natural ou normal?!FreePik Quando nascemos, temos uma total aceitação do que somos… aos poucos, vamos tomando contato com impressões do meio externo sobre nós…...

Gastronomia

Conheça fatos interessantes e curiosidades sobre a pipoca, esse alimento tão amado por todos na hora de um cineminha

Moda

Especialista explica como incorporar o brilho nos seus looks do dia a dia e transformá-los em produções fashion

Lifestyle

Lixão do Atacama recebe primeiro desfile de moda para alertar sobre descarte incorreto de roupasMaurício Nahas A iniciativa faz alusão ao que o universo...