No primeiro semestre de 2022, foram registrados 31.398 denúncias e 169.676 violações envolvendo a violência domésticaFreePik Entre no canal do iG Delas no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre beleza, moda, comportamento, sexo e muito mais! De acordo com a advogada com perspectiva de gênero, especialista em Direitos Humanos e Penal, Mayra Cardozo, a violência doméstica deriva de uma proximidade e um afeto, se aproveitando de uma relação íntima. “É importante que as pessoas entendam que não existe apenas a violência física, ela também pode ser psicológica, sexual, patrimonial e moral. Ela pode ser perpetuada de diferentes formas e a principal lei para regular isso é a Lei Maria da Penha, que estabelece medidas recrudescidas para casos de violência doméstica contra a mulher – que não é um crime, mas sim um qualificador”, explica.  Leia mais…