fique ligada!

Hi, what are you looking for?

Ligada nas DicasLigada nas Dicas

Notícias

Estúdio Palma faz móveis que extrapolam a função básica

estudio-palma-faz-moveis-que-extrapolam-a-funcao-basica

Cléo Döbberthin e Lorenzo Lo Schiavo – Foto: Ruy Teixeira/Divulgação
Por Gilberto Júnior
O arquiteto paulistano Lorenzo Lo Schiavo toma um gole de café antes de nos levar a um mergulho profundo no universo do Palma, o fervilhante estúdio de design que toca ao lado da conterrânea artista plástica Cléo Döbberthin.
Envolvidos em projetos incensados de moda – como o interessante corner da estilista carioca Isabela Capeto na multimarcas Pinga, que leva assinatura dos dois – os paulistanos acabam de ampliar o raio de atuação ao lançar uma coleção de móveis. São cinco peças que vão além da função básica.
A mesa de centro é praticamente uma escultura. As luminárias têm forte identidade, já o aparador é uma evolução de um trabalho anterior da dupla. “Coleção bem manual, em pequena escala”, diz Lorenzo. “É a primeira vez que entendemos o móvel como algo único, individual. Até então, o tratávamos como parte do projeto. De certa maneira, essas peças fecham uma linha de raciocínio em termos de formas, que vinham se repetindo, como cones e retângulos”, acrescenta Cléo.
Artesanais, os itens foram construídos no ateliê da dupla, na Barra Funda, na capital paulista. Ativos durante o processo, que começou em meados de junho passado, eles se permitiram experimentar diferentes técnicas e materiais, criando um universo de possibilidades.
Desses estudos, saiu um biombo em madeira, bronze patinado e latão, com pintura marmorizada. Uma das luminárias, a “Esfera”, levou na composição aço inox, papel chumbo, verniz PU e linho. “Nosso processo criativo costuma ser bem rápido. É uma coisa meio maluca. A gente desenterra uma ideia, surge outra enquanto estamos com a mão na massa. São ações inesperadas, mas absolutamente adequadas”, explica Lo Schiavo. “Sempre há um argumento central, como se estivéssemos escrevendo um roteiro de filme. Desenvolvemos a macro história e destrinchamos em irreverência, em memórias e em conversas”, observa Cléo.
Os papos geralmente são intensos, com os dois agentes criativos levantando questões pertinentes. “Temos muitas discussões, mas é o tipo de ambiente que gosto de estar. É um canal aberto que podemos trazer problemas e ter soluções”, comenta Lo Schiavo. “Há muita similaridade entre a gente.”
A dupla se conheceu em 2010, quando estudavam Arquitetura na Escola da Cidade, em São Paulo. No fim do primeiro ano, ela trancou o curso para estudar Artes Visuais na FAAP (Fundação Armando Alvares Penteado). Ele continuou na instituição mais um ou dois períodos até embarcar para Londres para terminar o bacharelado na Architectural Association School of Architecture.
Perderam completamente o contato, se encontrando novamente apenas em 2020. “Não fizemos um trabalho sequer juntos na universidade, mas sabíamos que existia uma sinergia de pensamentos”, pontua Cléo, fundadora do Olhão, projeto de arte contemporânea experimental sem fins lucrativos, uma mola para a produção de jovens talentos.
A primeira grande parceria do duo foi justamente o espaço de Isabela Capeto na Pinga. Nesse início, o arquiteto “trabalhou mais com o desenho”, e a artista plástica “mexeu mais com a matéria”. A estilista carioca gostou muito do projeto, batizado “A era do gelo: estudo sobre verrugas e espinhas”. “Achamos incrível que conseguimos vender uma ideia dessas para um cliente de moda”, diverte-se Cléo.
Logo, outras grifes procuraram os dois: Botti, Schutz, WaiWai Rio. “Lorenzo Lo Schiavo e Cléo Döbberthin são o novo olhar da arquitetura. Uma combinação de referências sexy e debochadas que resultam em ambientes sofisticadíssimos”, elogia Leo Neves, fundador e diretor criativo da WaiWai. “São criativos, profissionais e comprometidos”, resume Isabela.
Apesar de a parceria ter começado naquele 2020, foi somente no ano passado que o Palma foi estruturado do jeito que é hoje. Inclusive, Lo Schiavo parou com as atividades do Pindorama inc., seu escritório com foco em arquitetura e design. “Queremos chegar longe, mas estamos satisfeitos com nossa escala. Gostamos do processo manual, de ter o controle”, avisa o arquiteto.
O post Estúdio Palma faz móveis que extrapolam a função básica apareceu primeiro em Harper’s Bazaar » Moda, beleza e estilo de vida em um só site.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Lifestyle

Natural ou normal?!FreePik Quando nascemos, temos uma total aceitação do que somos… aos poucos, vamos tomando contato com impressões do meio externo sobre nós…...

Moda

Especialista explica como incorporar o brilho nos seus looks do dia a dia e transformá-los em produções fashion

Gastronomia

Conheça fatos interessantes e curiosidades sobre a pipoca, esse alimento tão amado por todos na hora de um cineminha

Moda

Está em busca do que vestir no Lollapalooza? Inspire-se nestas ideias de looks para montar seu visual