Chanel deu início ao segundo dia da temporada de verão 2023 de alta-costura com uma viagem lúdica. Inspirada nas esculturas míticas que adornavam o apartamento de Gabrielle Chanel na 31 rue Cambon, em Paris, a marca levou para a passarela uma série de hipnotizantes esculturas de madeira criadas por Xavier Veilhan.
SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM
As primeiras modelos – e, ao fim, a noiva – saiam de dentro das 11 poderosas obras de Veilhan, dando início à apresentação que reforça o desejo de Virginie Viard de rejuvenescer códigos eternos da grife. Os clássicos separates em tweed buscam novos ares com as minissaias pregadas, os maxivestidos fluídos, a transparência delicada e as já desejadas botas douradas são alguns destaques desse momento da Chanel.
Os seres que inspiram  o trabalho de Veilhan também aparecem nas peças apresentadas, em delicados bordados com fios dourados, que estampam as peças com cachorros, renas e pássaros, que também enfeitam o véu da noiva que encerra o desfile.
Aplicações florais, babados e camadas construídas com delicados tecidos acrescentam características 3D à coleção. Veja alguns looks na galeria:

O post Desfile lúdico da Chanel leva esculturas de madeira e tweed para passarela apareceu primeiro em Harper’s Bazaar » Moda, beleza e estilo de vida em um só site.