Vitor Augusto Marcos de Oliveira sofreu três paradas cardíacas e foi atendido pelos socorristas do Samu dentro da ambulância, mas não resistiuReprodução O autônomo morreu nesta quinta-feira (5), em frente ao Hospital Geral de Taipas, na zona norte de São Paulo (SP), enquanto aguardava uma maca grande, adequada para pessoas gordas. Ele foi até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Perus após sentir dores na perna. Com a piora do estado de saúde, foi transferido para o Hospital Geral de Vila Nova Cachoeirinha, do estado, para receber atendimento médico especializado. No local, no entanto, teve o socorro recusado pela unidade hospitalar, por falta de maca para seu tamanho.A mãe do jovem, Andréia Marcos da Silva, apareceu em um vídeo ao vivo, nas redes sociais, em frente ao Hospital Geral Vila Nova Cachoeirinha, horas antes da morte. Em desespero, ela pediu atenção das autoridades para que o filho fosse socorrido. O vídeo foi publicado pela esposa de Vitor, Thauany Xavier.  Leia mais…