fique ligada!

Hi, what are you looking for?

Ligada nas DicasLigada nas Dicas

Notícias

24 Horas com Clara Moneke

24-horas-com-clara-moneke

Clara Moneke – Foto: Divulgação
Sucesso em “Vai Na Fé” (Globo), a sagitariana Clara Moneke conta sua rotina no Rio de Janeiro, onde mora e grava a novela. Revelação aos 23 anos, estará na série “Amar é Para os Fortes” e na cinebiografia “Nosso Sonho”, sobre Claudinho e Buchecha.
Harper’s Bazaar passou um dia com a atriz e conta tudo sobre a sua rotina. Descubra:
7h
Costumo acordar cedo porque meu dia a dia é instável. Se gravo até de magrudada, não consigo. Mas me programo para acordar nessa flexibilidade, porque quando tenho gravação mais cedo, desperto entre cinco e seis da manhã. Sou mãe de planta, acabei de me mudar, mas já tenho algumas queridas (risos) na casa nova em meio à baguncinha. Dia sim, dia não, dou um trato nas plantas. Bebo água e vou logo tomar meu café.
8h
Gosto de refeições valorosas: arrumar a mesa, fritar ovo, cortar fruta e colocar os cereais, mas não estou tendo nem tempo de postar. Se meu companheiro (Tácio Fidelis) está aqui, me ajuda. Mesmo se acordar meio-dia, vou querer tomar um café e almoço quando precisar.
9h30
Tomo banho, passo meu creme, faço a maquiagem e já saio pronta. Começo um checklist rumo aos Estúdios Globo (antigo Projac), na Zona Oeste do Rio e demoro cerca de 40 minutos do Centro. Não posso esquecer nada: marmita, textos e iPad. Se esquecer o carregador, já era (risos). Em um dia importante, checo o clima para saber o que vestir e reservo o look.
Fazer novela tem sido uma vivência louca porque seu trabalho vira a sua casa. Tenho uma necessaire na caixa da Kate, minha personagem, com tudo: absorvente, escova e pasta de dente, creme, calcinha, remédios e troca de roupa. Se saio de lá para algum outro compromisso ou happy hour, tenho de estar preparada. Minha bolsa é tipo a da Hermione (da saga Harry Potter). Garrafa d’água, chiclete, bala, grampo e óculos escuros, porque nem sempre estou com a melhor cara (gargalha).
11h
Me programo para almoçar antes do set. Com a Kate pronta, fico esperando minha vez de ouvir o “ação”. Daqui a 30 anos as pessoas ainda vão me chamar de Kate na rua. Isso, para mim, vai ser um presente.
13h
Se não deu tempo de comer, passo no restaurante, monto um pratinho e vou comendo entre as trocas de roupa. Sou muito comilona, mas feijoada não tem hora nem lugar. Aguardo minhas cenas ouvindo uma música ou estudando as falas. Gravo uma média de 12 a 15, mas já cheguei a fazer 25. Às vezes, posso fazer uma e estou liberada. Quando acontece, é um dia glorioso. Dias de luta, dias de glória (risos).
14h
Ainda este ano, tenho para estrear “Amar é Para os Fortes” (Prime Vídeo), criação de Marcelo D2 baseado no álbum homônimo. Gravamos ano passado, e a minha personagem (Peixe) é totalmente o oposto da Kate. As pessoas terão a oportunidade de ver outra faceta como atriz. Ela é fotógrafa, lésbica, super estilosa, underground e roqueira. Anda com uma galera mais alternativa. Uma série com teor denso e profundo nas questões sociais, de arte e juventude negra.
16h
Primeira coisa, ao chegar em casa, é tomar um banho – seja para depois preparar uma comida ou comer uma fruta com cereal, sentar para ver TV ou planejar o dia seguinte. Na Lapa, gosto de descer e ter tudo perto de mim. Vou ao mercado e adoro! (risos) Antes, morava no Morro do Vidigal. Nasci em São Paulo, no bairro de Santa Cecília, e vim para o Rio aos 6 anos. Hoje, moro com o meu amorzinho e companheiro tem um ano. Namoramos há dois e nos conhecemos há três… A relação foi progredindo.
Clara Moneke – Foto: Divulgação
19h
Nosso compromisso mais fiel é com a novela. A gente vê todo dia… Odeio guardar episódios. Se chego em casa no horário, assisto. Se passou e ele viu, assiste de novo comigo no Globoplay. Adoramos filmes, séries e realities malucos. Adoro sair à noite para beber. Não sou muito da cerveja, mas gosto de sentar à beira-mar, depois emendar outro bar. Sinto falta, porque desde que virei a Kate não estou saindo com tanta frequência. Estava preparada, mas não imaginava esse sucesso estrondoso. Começando a entender os números das redes sociais (são mais de 350 mil seguidores só no Instagram).
Tinha feito uma participação em “Arcanjo Renegado”, no episódio de estreia da segunda temporada, e este ano ainda interpreto a viúva Vanessa Alves Ferreira, na cinebiografia “Nosso Sonho”, sobre a trajetória de Claudinho e Buchecha – com Lucas Penteado, Juan Paiva, Lellê, Reinaldo Júnior, Antonio Pitanga e Tatiana Tiburcio. Pessoas de todas as gerações. Trabalho para marcar o cinema brasileiro com uma história que se conhece de fora, mas não imagina o que passaram.
20h
Faço terapia uma vez por semana. Voltei a buscar pela primeira vez desde a morte de minha mãe, há dois anos. Importante entender como meu corpo e mente estão reagindo às mudanças. Os livros me desprendem das telas. Fui uma criança muito leitora e, com o tempo, a gente vai lendo menos. Prometi levar o hábito mais a sério. A academia também ajuda. Meu personal trainer praticamente me carrega para a academia. Tenho tentado ir três vezes por semana, no mínimo duas. Religiosamente, às quartas livres faço um corre de 5 km no Centro.
22h
Não sou do tipo que reza quando acorda ou vai deitar, mas levo minha espiritualidade muito a sério. Sou candomblecista e converso com Deus no cotidiano, como amigo. Tenho um altar, com fotos da família e minha ancestralidade. Ainda carrego na bolsa minhas contas e o meu patuá. Faço skincare toda vez no banho, com sabonete de rosto e creme hidratante. Não posso passar o creminho só em algumas áreas, tenho de me besuntar de creme e óleo porque minha pele absorve rapidamente. Tenho a pele muito seca!
Durmo bastante, por isso vou deitar cedo. Meu sono é muito OK, zero insônia. Eu apago! Se estiver em casa, tranquila, o ideal é ir antes das nove da noite. Mas, com a rotina intensa, tem sido mais comum dormir entre meia-noite e até 1h.
Não gosto de criar expectativas, porque gosto de viver em paz. Ambiciono me tornar, cada vez mais, referência para as pessoas e abrir caminhos para além da representatividade, como Zezé Motta e Léa Garcia, mas não posso deixar de reverenciar Lázaro Ramos e Tais Araújo em “Cobras e Lagartos”.
O post 24 Horas com Clara Moneke apareceu primeiro em Harper’s Bazaar » Moda, beleza e estilo de vida em um só site.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Lifestyle

Natural ou normal?!FreePik Quando nascemos, temos uma total aceitação do que somos… aos poucos, vamos tomando contato com impressões do meio externo sobre nós…...

Moda

Especialista explica como incorporar o brilho nos seus looks do dia a dia e transformá-los em produções fashion

Gastronomia

Conheça fatos interessantes e curiosidades sobre a pipoca, esse alimento tão amado por todos na hora de um cineminha

Lifestyle

Lixão do Atacama recebe primeiro desfile de moda para alertar sobre descarte incorreto de roupasMaurício Nahas A iniciativa faz alusão ao que o universo...